História da Borboleta

Leia mais

Inscreva-se no YouTube

Leia mais

Pesquisa de Público

Leia mais

Ganhe 10% de desconto usando o código Carina Rocha

Leia mais

Agenda

Leia mais

14 setembro 2016

Vitaminas Espirituais #3 / Fortalecimento Espiritual - Crenças Limitantes na vida do cristão



E ai galera, graça e paz.

Você sabe o que são crenças limitantes?

Calma, calma, não são crenças relacionadas à religião.


As crenças limitantes podem ser ressignificadas para lhe dar mais oportunidades de crescimento.
Ao longo de nossa vida, desde nossos primeiros anos, somos influenciados positiva e negativamente pelas pessoas a nossa volta, como também pelas situações que experienciamos em nosso dia a dia. Deste modo, vamos formando nossos modelos mentais e percepções do mundo, entretanto, nem sempre correspondem à realidade.
Assim nascem as crenças limitantes, ou seja, quanto mais somos submetidos a experiências ruins, mais acumulamos uma imagem mental negativa sobre nós mesmos e demais pessoas. Na infância, por exemplo, se um pai diz a seu filho que ele é fraco e incapaz ou o compara com um irmão mais forte, muito provavelmente esta atitude sabotará sua autoestima e o deixará mais inseguro em suas ações.
Este patrocínio negativo, especialmente ao longo infância, é determinante para a formação da criança e da visão que ela tem de si mesma, uma vez que neste período, os pais são suas principais referências e suas palavras e ações têm um peso muito grande.
E o que isso tem a ver com a vida do cristão?
Tudo!!!
Temos um exemplo na bíblia de um paralítico que já estava há 38 anos esperando na beira do tanque de Betesda, e quando Jesus pergunta se ele queria ficar são ele começou a dar desculpas. As crenças limitantes daquele homem o impediu de falar o que ele mais queria que era ficar são. 
Com os cristãos hoje em dia não é diferente. Muitas pessoas já passaram por tantas experiências ruins ou ouviram tantas coisas negativas, que as vezes o pregador fala palavras de bênçãos e profetiza, mas a pessoa não consegue receber aquilo pois suas Crenças Limitantes não permitem. 
Talvez você já deve ter ouvido tanto sua família ou amigos dizer que seu ministério é em vão, que frequentar a igreja é perca de tempo, que com o tempo você desanima, desiste ou perde a motivação e não sabe porque. Seu inconsciente está tomado pelas coisas negativas que já viu, viveu ou ouviu.
Você já aprendeu os primeiros passos para estudar a palavra, já tem uma base para orar estrategicamente, mas nada disso adianta se dentro de você algo parece dizer que não vai dar certo.
Marcos 11:23 diz:
Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito.
Jesus é bem claro quando fala sobre não duvidar no coração, porque muitas vezes falamos que temos fé, oramos com tanto entusiasmo, mas no nosso coração ainda existe dúvida que é gerada pelas Crenças Limitantes.



Mas hoje vamos ressignificar essas crenças e você poderá ser completo, e viver a plenitude do Senhor. Deus não quer que você viva de mimimi, em sua palavra lemos que já somos mais do que vencedores e que as coisas velhas já se passaram. Então tudo de negativo que se acumulou em sua mente até hoje vai ser lançado fora.

1º PASSO


1ª ETAPA: IDENTIFIQUE AS CRENÇAS LIMITANTES

Relembre tudo o que não deu certo em sua vida e que as vezes te desmotiva a continuar. Relembre também tudo de negativo que já falaram para você. 
Por exemplo: "ir à igreja é perca de tempo"; "trabalhar com jovens é cansativo demais" ; "não adianta orar por ....... não tem mais jeito não"; "você fazer (ou ser) isso? Duvido!!!"

2º ETAPA: IDENTIFIQUE A RAÍZ DESSAS CRENÇAS 

Quem falou as palavras negativas ou qual momento da sua vida algo ruim aconteceu e que te coloca medo até hoje em continuar.
Por exemplo: "sua família ou amigos disseram que você não é capaz"; "você teve uma oportunidade na igreja e alguém te criticou ou riu de você". 
Depois escreva o que você gostaria de ouvir ou de viver naquele momento. 
Por exemplo: "você é capaz"; "você cantou (ou pregou) muito bem!".




3º ETAPA: TRANSFORME-AS 

Escreva como você gostaria que tivesse sido ou o que você gostaria de ter ouvido.

Clique na imagem para baixar

2º PASSO

Escreva qual é seu objetivo para uma área da sua vida (cada objetivo deve ser feito em uma folha. Imprima quantas forem necessárias).
Você quer ser um cantor, um pregador, um grande líder de jovens? Ou você quer mudar de emprego para ganhar mais, quer ter mais tempo para a família.

Depois coloque de um lado da folha todos os problemas que você acha que existem para que isso não aconteça. O que impede você de alcançar esse objetivo.
Do outro lado da folha você vai dar uma solução para o seu problema. Enfim, para cada problema que você citar, uma solução você precisa dar. Esse segundo passo pode levar mais tempo do que você imagina, mas é necessário você fazer, pois assim vai descobri que as respostas estão dentro de você mesmo. Ore e peça sempre a direção de Deus. Se for algum problema que você acha impossível, então leve-o até o alvo de oração, afinal, você serve um Deus de impossíveis.


Clique na imagem para baixar

Muita gente acha que é Jeremias e que é tão pequeno para o que Deus o chamou. Outros acham que é o Moisés que acha que não sabe nem falar. Mas temos que ser como Davi. Ele era segundo o coração de Deus porque ele não ficava de mimimi, "ah, é um gigante. Eu tenho Deus, e daí? O meu Deus é maior e vou no nome dEle."

Então aonde você quer chegar só depende da sua fé, daquilo que você acredita. 

Como eu já citei Provérbios 23:7, como você se vê, um perdedor ou um vencedor? 
Importa mais o que falam ou falavam, ou o que a bíblia diz que você é?



Não haverá questionário.



Respostas do questionário anterior.

1. a) couraça da justiça; b) cinto da verdade c) calçados os pés na preparação do evangelho da paz; d) escudo da fé; e) capacete da salvação; f) espada do Espírito (palavra de Deus).  

a) 

2. Ele orava no seu quarto com as janelas abertas do lado de Jerusalém, e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus.

3. Nos tempos antigos, quando um exército queria se render para os adversários, eles elegiam entre eles um soldado que fosse o suplicante, o suplicante deveria partir diante do inimigo carregando um ramo de oliveira, e isso era um sinal de rendição, o exército do suplicante havia desistido de lutar e estava se entregando. Nesse caso, podemos entender Súplica como rendição. 
Já o clamor está relacionado com a sua vontade. Quando clamamos por Jesus é pedindo algo, um socorro, uma ajuda, algo assim. Não é errado pedir algo ao Senhor, mas sempre devemos nos render à vontade dEle.

4. Oração de intercessão é quando oramos a Deus por algo ou alguém. 
(a resposta pode variar dependendo da passagem bíblia. O versículo citado abaixo é apenas um exemplo).


Por essa razão, ajoelho-me diante do Pai, do qual recebe o nome toda a família nos céus e na terra. Oro para que, com as suas gloriosas riquezas, ele os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito, para que Cristo habite no coração de vocês mediante a fé; e oro para que, estando arraigados e alicerçados em amor, vocês possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus.

Efésios 3:14-19

5. Pessoas más na obra do Senhor. uma vida de pecado, pedir para o próprio interesse, orações repetidas (orar sempre as mesmas palavras).


3 comentários:

  1. Muito bom msm,tem me abençoado muito e melhorado minhas estratégias de oração e estudo.
    Deus continue te usando e te abençoando
    Graça e Paz

    ResponderExcluir
  2. Oi Carina, não conhecia seu Blog estava pesquisado sobre crenças limitantes do Google e encontrei seu texto aqui. Está ótimo! Legal alguem cristão escrever sobre essas coisas, a maioria dos resultados da minha pesquisa falava muito sobre a Religião ser limitante colocado como se limitar a servir a Deus, a salvação e etc. Deus abençoe! Bjinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii..., fico muito feliz que tenha gostado do post e do blog, seja muito bem-vinda ♥
      Realmente no meio cristão é bem complicado quando é esse o assunto, e na verdade precisamos é ser livres e nos desprender de certas coisas.
      Fique a vontade aqui no blog. Beijinhos.

      Excluir